27.2.14

Processo de emagrecimento

Olá pessoas lindas!
Hoje venho dividir com vocês algo bem particular. Algo que venho lutando há anos e sem sucesso mas com ajuda médica, ajuda de dietas e vergonha na cara (meu caso) estou conseguindo atingir meu objetivo.
Nunca fui gorda em minha adolescência, sofria o tal "buling" por ser extremamente magra mas depois que me casei...sim....depois de colocar as aliançinhas lindas nos dedos, eu e meu marido fomos ganhando peso. No dia do meu casamento eu estava com 54 quilos para 1,67 de altura. 
Não gente! o casamento não engorda! sair da rotina, com horários corretos e a mãe segurando as contas da casa na hora de fazer as compras no supermercado é que te mantem magra. Falo isso por mim ok ?!!
Quando me casei devido ao trabalho nem sempre as refeições eram saudáveis, normalmente congelados, lanches, pizzas, batata frita, tudo que fosse rápido e prático de se fazer e ai entra o problema da história...os quilinhos que você começa a ganhar sem perceber....Por mais que a família toda brincasse doía ouvir que você estava "grandinha" e tal... Entrei na academia três vezes por semana. Saia do trabalho com uma amiga,  passávamos uma hora na academia e de lá cada uma ia pra sua casa. Comecei a passar mal e descobri que estava grávida....eu pesava 80 quilos. Com ajuda da minha ginecologista ganhei apenas 7 quilos e perdi 13 depois que minha filhota nasceu. Vocês vão dizer: "Nossa! que beleza....13 quilos é ótimo!" sim é....mas você não perdeu porque precisava e tinha consciência da necessidade, perdeu porque cuidar de um recém nascido faz você esquecer do próprio eu tamanha a preocupação e falta de tempo pra tudo. Eu era extremamente preocupada e medrosa e aproveitava o soninho da nenê pra cochilar também e nisso a boa alimentação vai pro "saco" literalmente! Eu até me alimentava bem, somente o alimentos saudáveis por causa da amamentação mas era tudo pouquinho, correndo e sem regras na mastigação e horários. Conclusão: A filha cresceu e o meu peso também! Olhem as fotos de como eu estava antes de começar o processo de emagrecimento.


A segunda foto onde estou de branco foi tirada em março de 2013 e a primeira onde estou de rosa foi no aniversário de minha filha em junho de 2013. Sei lá....eu estava com uns 80 quilos ou mais.

Primeiro procurei ajuda médica. Fiz exames e comecei a tomar inibidor de apetite e controlador da ansiedade. Isso ajudou mas tive que entrar pra academia....essa foi a pior parte pois eu saía do trabalho e ia pra academia mas minha filha ficava com minha mãe. Aos poucos o cansaço foi tomando conta e nem sempre eu conseguia ir porque minha mãe já cuidava dela durante a tarde toda, acabava mais faltando do que indo então desisti. O processo continuou e recorri a internet pra obter maiores resultados. Comprei o programa para emagrecer Dieta e Saúde, não é caro mas não funcionou pra mim pois a dieta se baseava em pontos, pirâmides e não consegui me adaptar...fora que as refeições sempre continham alimentos que eu não gostava ou era caro demais. Encontrei também o "10 semanas " da Ivete Sangalo. Caro mas vou dizer....foi o que me deu mais gás ainda....Você tem as metas semanais, vai completando o quadro de medidas e conforme os dias passam mais receitas e exercícios em vídeos são disponibilizados. Confesso uma coisa: Não posso ver ovo na minha frente! peguei nojo pois a maioria das receitas contem ovo. Unico ponto contra é que as receitas são baseadas na Bahia ou seja muito fruto do mar que não se tem facilidade em encontrar, fazer e comer. Do resto recomendo demais!! fiz as 10 semanas e perdi junto com os medicamentos meus primeiros 10 quilos. Hoje estou com 18 quilos a menos. A parte ruim é que por não me exercitar o que perdi não consegui queimar ou seja fiquei um pouco flácida mas estou feliz por ter conseguido chegar até aqui. É possível emagrecer sem remédios? claro que é.....eu é que não tinha força de vontade pra tal mas não me arrependo de ter ido ao médico não. Melhor com acompanhamento médico do que por conta. Hoje estou assim:


Eliminei exatos 18 quilos, meu jeans que já chegou a 56 hoje é 44 (comprei 3 calças ontem!!) e as blusas que antes eram GG hoje são M. Agora espero ansiosa pelas férias e ver as fotos de biquini pois as do ano passado me deixaram muito deprimida. E continuar até perder mais uns 6 quilos...chegar a 64 é a meta e depois manter, será uma constante luta mas com foco, força e fé a gente consegue!

Espero que tenham gostado e tomado isso tudo como motivação. Essa é minha história com a balança.

Beijinhus!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente esta postagem!!